28 outubro 2010

Faz-me rir

Você que é homem e tem uma mulher: consegue fazer com que ela ria? É, rir. Das coisas engraçadas que diz e faz, das bobagens, das surpresas armadas com todo o cuidado e reveladas num tom de espontaneidade que não existe. Sua esposa, namorada, noiva, amante, ficante – afora outras nomenclaturas – ri tão livremente que chora se você está por perto? Ou solta um risinho amigável só de lhe ver chegar? Ela sorri com os olhos quando o ambiente não permite o sorriso largo, aquele excesso de dentes de quem gargalha? Então, camarada, essa pessoa lhe ama – ou, na pior das hipóteses, está bem perto de amar, portanto não se afobe para não quebrar o cristal.

Por que resolvi tocar no assunto? A alegria é parte do meu cotidiano. Preciso dela para que os instantes pareçam melhores do que verdadeiramente são e, até que se prove o contrário, o sorriso é indício da alegria. Não da felicidade, porém falo apenas da pessoa alegre que sou e/ou tento ser. Também fui despertada durante a semana por uma comédia romântica que vi, solitariamente, numa noite sem sono. Não era bom o filme, entretanto, tinha essência e deixei me levar pelo tema: a paixão entre uma mulher madura, já cansada das batalhas, e um homem jovem, engraçadíssimo. Tão engraçado que beirava a imaturidade, mas o que ela sentia não a deixou enxergar isso. Ainda bem.

Eu sempre gostei de ter por perto homens que me fazem sorrir. No começo por distração, depois foi virando necessidade. Também acho importante que o parceiro consiga rir de sua parceira, embora seja machista neste ponto por considerar o sorriso mais sublime em lábios de mulheres. É claro que há aquelas com queda por homens que vivem de lhes fazer chorar, e o pior: de tristeza – um sentimento patológico; não insista em relações assim, de falso-controle.

Ama uma mulher ou lhe deseja um bem extremo? Faça-a rir, porque mulher sorrindo é uma beleza e o sorriso é o antídoto feminino para tudo. Tudo.

Imagem: Google Imagens.

3 comentários:

Rafael Belo disse...

Querida! COncordo plenamente , assino 'embaixo' e sigo a receita! AMo a risada da minha namorada! A doro fazer os outros rirem rs beijos linda bom, bem bom segundo turno!

Clauderlan Vilela disse...

Verdade seja dita, fazer sorrir também faz bem. Digo isso por experiência própria. E, felizmente, posso dizer que sou mais um entre aqueles que podem ver suas companheiras com aquele sorriso recompensador.

Isolda Herculano disse...

Não resisti: que homens vocês são, hein, Rafa e Clauderlan? Sorte das suas mulheres felizes.

Beijos e risadas gostosas!
=***