07 dezembro 2010

O amor em 15 frases vitais

Eu conheço o corpo do outro. O outro conhece o meu corpo. Não parecemos tão interessantes assim. Somos dois pares de peitos distribuídos quase uniformemente em duas caixas torácicas. Somos pontas de cabelos, dedos, narizes, orelhas, desenhando extremidades. Somos globos oculares em movimento ou descanso. Somos pulmões cheios de ar. Vazios. Cheios e vazios. Somos sangue bombeado para o cérebro viajando em dutos abertos. Somos órgãos genitais em conformidade com os demais seres da nossa espécie. Somos sonhos quando dormimos e nada parece real. Acordamos com remela nos cantos dos olhos, bafo, espreguiçamos o corpo. O outro que eu amo poderia ser qualquer outro. Mas é só por este que eu sofro.
_________
O Blog da Isolda está concorrendo no I Prêmio Alagoano de Blogs na categoria Opinião. Vote rapidinho: é só clicar aqui e depois dar um clique no coraçãozinho rosa. Obrigada! =)
_________________

Imagem: Google Imagens.

8 comentários:

Fenanda Alves disse...

Texto perfeito! Tudo é tão "óbvio", mas tão... imensamente poético. Parabéns pelo talento, pelo olhar... pela sensibilidade com a vida e pelo encanto que reproduz através de palavras.

Neto disse...

Você realmente escreve muito bem. São poucas as pessoas que conheço que transmite sentimento com as palavras. Já passei por esse maremoto de sensações e sei que, quando é positivo, é realmente demais.

Muito bom o texto. Parabéns!

Já votei lá! :-)

Rafael Belo disse...

O que separa o outro de nós é o reflexo de nós mesmo a´ideixa de ser outro deixa... rs Bom Belos versos querida IS , saudades beijos

O Divã Dellas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Divã Dellas disse...

Isolda é sua alma poética e prática que te diferencia das demais leituras que faço.

Parabéns!

Voto devidamente rigistrado.

Beijos!

Verônica

TFNS disse...

15 frases anatomicamente, psicologicamente e emocionalmente de acordo com a vida de qualquer "ser da nossa espécie"

Helena Frenzel disse...

Bela composição Isolda, parabéns. Em tempo: Feliz Natal, Paz, Saúde e muito sucesso em seus projetos para o novo ano! Um abraço fraterno :-)

Ludmila disse...

pois é... poderia ser qualquer outro aglomerado de problemas sem solução... mas é só ele, né?