16 novembro 2011

O pequeno Leopoldo*


Hoje, em uma das minhas cansadas paradas a espera de um segundo ônibus, deparei-me com uma belezinha de cinco meses no colo da mãe. A coisinha tinha os olhos negros de jabuticaba. Curioso, rasgava tudo com o olhar. Fitou meus óculos escuros, grandes, como quem vê algo extraordinário, quis arrancar do meu rosto – ainda com a coordenação motora bastante precária.

Era muita intimidade no espaço de alguns minutos. Logo o molequinho quis pegar a minha mão, fazer graça. Ria com os olhinhos apertados. Apesar de tudo, ainda faltava saber o nome do rapazinho. No que perguntei a jovem mãe: como ele se chama? Leopoldo, ela respondeu. Leopoldo, pois bem. Devo ter feito uma expressão bem crítica com o olhar, mas a mamãe não notou nem o bebezinho. Salvou-me o par de óculos.

Não que se chamar Leopoldo seja algo mais estranho do que os óculos que eu tinha na cara, porém, há de se convir: são poucos os Leopoldos de cinco meses de idade dando sopa por aí. Leopoldo parece nome de avô e não de neto – o que me fez pensar que o menino poderia ter herdado de algum familiar a pompa. Na escola, com outros gurizinhos da mesma faixa etária, deverá ser algo inédito. E Leopoldinho vai demorar a encontrar um xará.

No final da conversa, quando o ônibus se aproximava, a mãe de Leopoldo foi ligeira em sugerir, como quem se desculpa de alguma coisa. Não era necessário. O fato de estranhar o nome é instintivo; nada que uma bela narrativa de família ou uma pitada de imaginação não equacione. Não quis, enfim, fazer-se de rogada e eu já colocava o pé no primeiro degrau da escadaria quando ela soltou: pode chamar de Leo. Não deu tempo respondê-la com mais do que um sorriso. Mas, sinceramente, minha senhora, prefiro o Leopoldo. Caso fosse Rafalzinho, Gabrielzinho, Fernandinho, (...), talvez eu não estivesse aqui, a escrever sobre esse pimpolho.

*Significado do nome Leopoldo: Que usa sua força para o povo. (Via http://bebe.abril.com.br/materia/leopoldo)/Imagem: Google Imagens.

4 comentários:

TFNS disse...

Achei digno o nome do baby, ainda mais com o significado. É o sobrenome do meu pai e há um pouco de correlação da pessoa com o significado. Gostaria que fosse menos. Mas o texto: lindo!

Rafael Belo disse...

é um belo nome com pouco risco de encontrar xará, o original está no passado afinal rs. belo Is como sempre flui a vida pelso tuas palavras. beijos ótima pré-sexta, sexta, sábado , domingo... rs

Sarah disse...

Olá Isolda! Vim agradecer sua visita e comentário lá no blog e conhecer o seu. Adorei, vc escreve muito bem!
Ah, os nomes... Bento foi uma escolha difícil, e tb acho que meu pequeno não encontrará muitos na escola com o mesmo nome. A não ser que o meu e o seu estudem juntos, rs! Eu conheci um Leopoldo quando pequena, o irmão dele era da minha sala. E o nome do irmão era mais diferente ainda do que Leopoldo: Landolfo, uma homenagem ao pai. Esse sim nunca deve ter encontrado um homônimo.
Parabéns por seu Bento viu! E obrigada mais uma vez pelo carinho. Vou te linkar, ok?
bjos

Isolda Herculano disse...

Claro, Sarah. Que bom ter me encontrado - apesar da confusão de endereços que fiz no seu blog! Obrigada pelos elogios e pode lincar, sim!

Beijos.